Levi Torres Madeira

 Oftalmologista e Escritor de Poemas em Cordel

Textos




No dia 27 de maio de 2012 fui surpreendido com uma extensa e maravilhosa reportagem de duas páginas na revista Siará do jornal Diário do Nordeste em Fortaleza-CE falando positivamente de meus cordéis. Agradeço de coração esta matéria divulgando nosso trabalho e aproveito o título da reportagem para fazer este cordel:

Rimas EDUCATIVAS


Abaixo a reportagem que está em seu original no site do Diário do Nordeste na Revista Siará


http://virtual.diariodonordeste.com.br/home.aspx 

Ao entrar neste site do Diário do Nordeste, escolha a data 27 de maio de 2012 e em cadernos escolha Revista Siará, agora vá folheando clicando no canto inferior direito até chegar nesta reportagem.

 
70º cordel deste autor
Rimas EDUCATIVAS
 
Esta bela reportagem
Deu-me mais motivação
O jornal me deu a canja
Injetou inspiração
Não tem como não gostar
Ver sua obra a divulgar
Descompassa o coração

Pois aqui neste recanto
De muita coisa falei
E rimando nas estrofes
Cada verso digitei
Que delícia é escrever
Cada assunto discorrer
Emoções aqui deixei

Muitos versos escrevi
Na saúde e educação
De espiritismo falei
E de cuidados com cão
Já descrevi casamento
Falei de medicamento
Focando na prevenção

Gosto muito de cordel
Pra levar minha mensagem
É gostoso de se ler
Gravando cada passagem
Cada estrofe uma canção
Tocando no coração
Embarque nesta viagem

Estes dias recebi

Mensagem internacional
Manuela me escreveu
E foi lá de Portugal
Um cordel meu publicado
Em cada mesa espalhado
Achei muito original

O Rotary é o assunto
Neste cordel relatado
E desta organização
Fica bem lá detalhado
Eu fiquei muito feliz
Um cordelista aprendiz
Em Portugal foi mostrado

Daqui de minha sacada
Quando estou a escrever
Fico olhando para o mar
Logo após o entardecer
Cada onda vem suave
Como se fora uma nave
Para inspirar o meu ser

Este imenso azul do mar
É bem rico em inspiração
Quantas vidas já viveram
Com muito amor e paixão
Desde um pequeno peixinho
Um pescador já velinho
Um Titanic grandão

"Sê como o mar grandioso
Cujo esplendor estonteia
Mas humilde e soberano
Vem bordar rendas na areia"
Eu li esta citação
Em bela publicação
De poesia ela floreia

O cordelista é assim
O que vê vai traduzindo
Seja alegria ou tristeza
Um moribundo tossindo
Na cidade ou no sertão
Tudo vira uma canção
Mais um cordel vai surgindo









 
Visão de minha sacada de onde escrevo meus cordéis



Visão de minha sacada de onde escrevo meus cordéis



Visão de minha sacada de onde escrevo meus cordéis


 
Levi Madeira
Enviado por Levi Madeira em 08/09/2012
Alterado em 11/09/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Levi Madeira e o site: www.levimadeira.recantodasletras.com.br ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Obrigado pela visita e volte sempre!