Levi Torres Madeira

 Oftalmologista e Escritor de Poemas em Cordel

Textos


LEI DE CAUSA E EFEITO
 
 
Da Lei de causa e efeito, agora vamos tratar
É princípio fundamental que a doutrina vem explicar
Como Lei da Causalidade também pode se chamar
Não é castigo, nem punição, porém forma de educar
 
Com a 3ª Lei de Newton, faz-se boa comparação
É a física nos ensinando a lei da ação e reação
Se um corpo em outro toca, sofre a mesma colisão
E assim nada acontece, sem haver compensação
 
Causa e efeito acontece com toda humanidade
Pois cada fato da vida tem a sua causalidade
Educando ela corrige, mesmo dando piedade
Mas só debelando a causa se cura a enfermidade
 
Na execução desta Lei, não raro vem sofrimento
Mas justa ela se mostra, se houver discernimento
E, ao se quitar a dívida, surge um grande acalento
E pronto para o progresso fica o nosso pensamento
 
Ela explica as contingências a que tudo está ligado
O acaso não existe como espírito ou encarnado
E mesmo não se lembrando de atos bem do passado
Anos ou séculos depois, o fato vai ser cobrado
 
Nem tudo, porém, é efeito de outra encarnação
Mau uso do corpo e vícios podem gerar uma lesão
Da vida presente ou de outra haverá uma razão
E assim o que vai surgindo, é pela nossa imperfeição
 
Dependendo do que se fez e da sua evolução
Do outro lado vai chegar pela desencarnação
Aonde se vai morar e qual será sua habitação
Todo mundo se pergunta, com certa preocupação
 
Como é lá, se questionam, procurando pressentir
Se existe céu e como é lá, e se inferno vem existir
Muitos nem mesmo acreditam que haja vida porvir
E assim sem nada entender, muitos tardam a evoluir
 
O conceito de céu e inferno sofreu grande alteração
Com o ensino dos espíritos, veio outra compreensão
O céu não é região circunscrita de beatificação
Nem o inferno, aquele lugar sem chances de redenção
 
Nobre estado de espírito e grande fraternidade
Sem limites geográficos e pura felicidade
Este é o verdadeiro céu, onde só reina a bondade
E só corrigindo seus erros, entra lá a humanidade
 
Conseqüências de imperfeições na vida pessoal
Sofre a alma, quando chega ao plano espiritual
Não corrigindo suas falhas, na veste corporal
Pensando ser o inferno, pode acordar no umbral
 
Pela lei do progresso que comanda a evolução
Cada alma tem outras chances pela reencarnação
Arrepender-se e trabalhar na própria reparação
De vários meios se utiliza como a famosa expiação
  
O arrependimento suaviza os travos da expiação
Pela esperança, abre o espaço para a reabilitação
Não se anulando o efeito pela correta reparação
O perdão seria uma graça e não uma anulação
 
O próprio espírito arrependido pede nova encarnação
Quer voltar como encarnado, esta é sua aspiração
Tentando tudo de novo visa abolir  imperfeição
E procurar ao retornar estar em outra condição
 
Todo efeito tem uma causa, é bom sempre recordar
É Lei Divina que a rege, nunca vá menosprezar
A quem ao vento semeia, na tempestade vai estar
E se sai ferindo com ferro também ferro pode levar
 
Deus não é um tirano pra punir sem piedade
Não castiga os seus filhos, mas lhes dá a liberdade
E cada um vai corrigir o que na vida provocou
E os frutos que colher, foi da semente que plantou
 
Não há receita melhor para o mal se reverter
É procurar se desculpar, e só o bem promover
Perdoar de coração e na humildade se envolver
Ser manso e caridoso e a Deus agradecer
 
Quando se gera um filho com alguma deformação
Não raro sofrem os pais com grande decepção
Revoltados se questionam, se é alguma maldição
E de Deus até duvidam, com revolta e ingratidão
  
Se este filho vier cego, em completa escuridão
Algo pode ter feito em outra encarnação
E como prova ao encarnar ou por expiação
Pode ter pedido pra vir sem o sentido da visão
 
A família sem entender e o real motivo pressentir
Culpa-se duramente ao pensar que poderia intervir
E o clima lúgubre instalado, em vez de construir
Faz mesmo é atrapalhar aquele espírito evoluir
 
Só a ignorância na Lei Divina e a falta de instrução
Deixa a tantos na revolta sem haver compreensão
A Doutrina Espírita estudada com determinação
Vai dirimindo as dúvidas, gerando transformação


PS: Este texto não segue a metrificação preconizada na teoria do cordel

O autor é Médico Oftalmologista

Acesse: www.levimadeira.com.br
Site do Escritor: www.levimadeira.recantodasletras.com.br
Levi Madeira
Enviado por Levi Madeira em 26/08/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Levi Madeira e o site: www.levimadeira.recantodasletras.com.br ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Obrigado pela visita e volte sempre!